Tomar risco, porém, é uma arte. Com um perfil bastante agressivo, o investidor Fausto Alexandre Mazine conseguiu juntar seu primeiro milhão muito cedo, por meio de operações sofisticadas. Ele começou a investir em ações, mas logo percebeu que, com pouco capital, os ganhos não eram grandes o suficiente para ele se manter apenas com os lucros obtidos na Bolsa. Foi então que começou a operar com opções sobre ações, deixou o emprego e fez dinheiro.

Marcelo Coutinho concorda: “meu grande diferencial foi estudar uma teoria a fundo e transformá-la em uma grande estratégia. É comum achar que dá para ganhar dinheiro deixando os investimentos na mão da corretora, pegando apenas uma dicazinha aqui e ali. Não é verdade. É preciso pensar fora da caixa.” Obviamente que, para cada pessoa que ganha muito com opções, há dezenas de outras que perdem fortunas. Aos que não têm tempo, conhecimento nem coragem para se aventurar em operações mais complexas, o ideal é criar o hábito de poupar com disciplina.

Os recursos poderão ser usados em aplicações de longo prazo ou de risco moderado e gerar um crescimento consistente de patrimônio. A própria renda fixa traz alternativas mais rentáveis que a poupança ou o CDB. “Apesar de terem um risco maior, as debêntures (títulos de dívidas de empresas privadas) são uma opção”, aponta Torres. Uma alternativa são os títulos públicos atrelados à inflação (NTN-B – Notas do Tesouro Nacional série B) de prazo mais longo. Para os investidores que adéquam o prazo do título ao objetivo, o risco do investimento é baixíssimo. O economista garante que, além de não recuar, a inflação está dando sinais de aumento.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Continuar-lendo-a-materia.png
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Voltar-a-materia-anterior.png

Publicado por

Ana Cardoso

Sou redatora do site Empregabilidade Geral e Ultimas Noticias Brasil e amo escrever para eles, porque levam oportunidades e informações para as pessoas. Soteropolitana, atualmente resido em Alagoinhas - BA, tenho 19 anos, estudante de Técnico em Administração, ex funcionaria da Secretaria de Segurança Publica e com grandes planos para uma formação, em Direito e Licenciatura em Letras. A credito que a arte é uma das formas de demonstra quem somos por isso escrever e desenha é a arte que me define. E-mail [email protected]